Ana Castela – Para Que Serve?

Muitas pessoas enviaram mensagens com imagens grotescas para mim, que viralizaram na internet, pedindo que eu comentasse sobre mais uma pseudo cantora em ação nos palcos, só que dessa vez cantando em cima de um imenso cavalo cenográfico móvel, perante milhares de pessoas reunidas em mais um desses eventos sertanejos que parecem estar por toda parte no calendário pseudo cultural das cidades do interior do Brasil.

Para ser sincero, não me causou qualquer surpresa, dada a constatação da montanha de dinheiro que vem sendo investido para alavancar a carreira dessa moça de dezenove anos chamada Ana Castela. Além do sentimento de vergonha alheia ao perceber que a capa do mais recente álbum da Beyoncé, o “Renaissance”, lançado no ano passado, foi a inspiração para essa patuscada.

Nada do que vem dessa moça consegue despertar em mim algo diferente do desprezo. Aliás, nada é mais ridículo do que alguém do universo sertanejo de araque se autointitular como uma diva pop. Na verdade, tudo isso faz parte da tentativa de alavancar uma das suas porcarias musicais mais recentes, que é uma música intitulada “Pipoco”. Isso mesmo, a gíria para um tiro de arma de fogo. Essa música foi lançada há quase um ano, e há uma enorme tentativa de transformá-la em um hino, um hino horrendo, como parte de uma estratégia ainda mais ambiciosa em termos financeiros.

Se você quiser saber para que serve a Ana Castelo, clique no botão abaixo e assista o vídeo completo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress