Iron Maiden com Paul Di’Anno Envelheceu Muito Bem

Quem assiste aos patéticos shows que o Paul Di’Anno vem fazendo no Brasil não consegue imaginar o quanto ele foi um ótimo vocalista enquanto ele esteve no Iron Maiden. Eu reouvi os álbuns que ele gravou com a banda e esses discos envelheceram muito bem.
Eu particularmente fui ouvir dois discos de estúdio na íntegra e mais um EP eu já vou falar a respeito disso.

Tive curiosidade de assistir a esses trechos que estão na internet dos shows que ele vem fazendo e eu sinceramente eu não tive nenhuma surpresa porque o Paul Di’Anno vem oscilando entre o triste e o patético, continua a enxovalhar o seu passado, com situações de palco absolutamente bizarras, interpretações e uma total falta de espontaneidade em cima do palco. É óbvio que a situação de saúde dele prejudica uma série de coisas, mas não prejudica isso que acabei de falar.

Foi justamente dessa lamentável situação que resolvi reouvir na íntegra os discos oficiais que o Paul Di’Anno gravou com Iron Maiden. Afirmo categoricamente para você que esses discos, que soavam ótimos naquela época do lançamento, envelheceram muitíssimo bem.

O disco de estreia Iron Maiden, por exemplo, mostra uma coesão sonora que ainda hoje é impressionante. Mesmo que o Steve Harris não goste desse disco, tendo uma opinião bem ruim com relação à produção.

Pra saber os dois álbuns do Paul Di’Anno no Iron Maiden que envelheceram muito bem, clique no botão abaixo para assistir ao vídeo completo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress