Lord Vinheteiro me entrevistou

Regis Tadeu e Lord Vinheteiro

O cara é uma figuraça.

Conheci Lord Vinheteiro – cujo nome real é Fabricio Andre Bernard Di Paolo – quando fui entrevistado pelo programa Pânico na Jovem Pan, papo este que você pode conferir aqui. Ele é uma daquelas personalidades do You Tube que já amealhou milhões de inscritos em seus canais por conta de seus vídeos em que toca um monte de temas de desenhos, vinhetas, filmes ao piano de modo completamente autodidata.

Logo de cara, deu para sacar que o cara tem um tipo de humor meio abilolado, com uma forte influência dos humoristas mal humorados do passado. Nos demos bem de imediato, a ponto de ele concordar com quase todos os meus pontos de vista que emiti na ocasião, algo muito raro de acontecer, segundo soube pelo pessoal da produção. Daí para o convite para ser entrevistado em seu canal foi um pulo, que aceite de muito bom grado.

Bem, sem mais delongas, você pode assistir a nossa conversa. Divirta-se!

 

5 respostas

  1. As pessoas não entendem muito bem que o Régis usa uma certa ironia fina e irrascibilidade intencional quando faz suas críticas. Eu mesmo já me peguei um tempo xingando o cara mas continuei lendo o blog e vendo o canal do Youtube, ou seja, eu e tantos outros levam opiniões contrárias muito a ferro e fogo e a mínima discordância acalora discussões e traz atos irracionais ‘a tona, mesmo de gente como eu que me considero tolerante quando o assunto é música. Sim eu gosto de Manowar e Dream Theater, mas o Régis é o único critico de música que eu conheço que fala de Allan Holdsworth, Testament, Gentle Giant e rock progressivo em geral, logo não tem como não respeitar. Só não dá pra entender como o Regis não gosta de Cirith Ungol ( stoner rock pesado com influências de protopunk e progressivo ) mas tá perdoado toda vez que falar de Deep Purple, Judas Priest, Maiden, Saxon, Motorhead…:-)

  2. Bela entrevista, devidamente assistida ontem.
    Achei interessante a parte do produtor. Normalmente não damos muita importância, como ouvintes, a este profissional.
    Régis, poderia citar os trabalhos que já trabalhaste como produtor, para que possamos conhecer?

  3. Regis, boa noite!

    Parabéns pela entrevista…

    Permita-me te fazer uma pergunta: No video, o Lord pede para você montar a banda dos seus sonhos. E você responde: Tony Bennet, Jaco Pastorius, George Benson, Herbie Hancock e Buddy Rich. Assim, fiquei curioso pra saber como seria montada a banda dos seus sonhos, com esta mesma formação, mas composta somente por mulheres.

    Você se importaria em matar essa minha curiosidade?

    No mais, tenha uma excelente sexta-feira.

    1. Obrigado pelo elogio, Eduardo.
      A princípio, essa “banda dos sonhos” feminina seria formada por Ella Fitzgerald, Bonnie Raitt, Carol Kaye, Carole King e Sheila E.
      Bom final de semana para você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress