Muita gente pede listas de minha parte o tempo todo: quais os melhores discos, melhores bandas, os melhores isso, os melhores aquilo… Um pé no saco, já que não tenho essa mania que 99,9% das pessoas tem em fazer comparações o tempo inteiro, buscando argumentos para afirmar que uma banda X é melhor que um grupo Y. Nas raras ocasiões em que tenho paciência para oferecer algum tipo de resposta, digo que “meus preferidos são…”, pois isso indica um gosto pessoal, sem levar em consideração qualquer análise técnica subjetiva.

Só que de uns tempos para cá inúmeras pessoas que seguem o que escrevo e falo por aí vêm me perguntando a respeito de “bucket lists”, um desses termos criados nas redes sociais que se transformam em ‘febres’, que veio da expressão “kick the bucket”, algo do tipo “bater as botas”, “morrer”, em português. Gente perguntando a respeito de coisas a fazer antes de morrer, tentando descobrir – sabe-se lá por qual motivo – quais são os meus objetivos e sonhos. Tremenda falta do que fazer, né?

Foi então que eu e a equipe que cuida de meus projetos aqui na Internet, conversando despreocupadamente a respeito disso durante um almoço, pensamos em como fazer algo que fosse interessante dentro desse tipo de ‘papagaiada’. Chegamos à conclusão que mais legal do que dizer obviedades do tipo “quero escalar uma montanha”, “quero viajar pelo mundo”, “quero ser jogador de futebol/ator de cinema/atriz/modelo” e o raio que o parta, seria colocar as canções que eu ouviria com o máximo prazer do mundo antes de morrer.

Isso mesmo! Antes de “bater as botas”, listei abaixo as canções que eu mais gostaria de ouvir pela última vez. Talvez algumas delas sejam substituídas ao longo do tempo, mas HOJE são elas. Sem qualquer tipo de ordem por gênero, estilo, preferência ou o que quer que seja. Todas aquelas que, de uma forma ou de outra, deram uma direção em minha vida, propiciaram um sentido cristalino ao que eu queria alcançar neste planeta miserável e lindo ao mesmo tempo, lotado de terráqueos miseráveis em termos intelectuais.

Bem, aqui neste link está a minha IMENSA bucket list lá no Spotify.

Agora eu proponho o seguinte a você: envie a sua própria bucket list lá no meu perfil do Twitter – @RegissTadeu – e acrescente a hashtag #bucketlistmusic, pois as melhores serão “retuitadas” e aquelas que forem excelente vão merecer uma “playlist”, com crédito e tudo, lá nas discotecagens diárias que venho fazendo há duas semanas no Spotify em meu perfil “registadeu”. Só peço para que observe uma regra: sua lista deve ter aproximadamente uma hora de duração Ah, e convide a pessoa em quem você mais ama, confia ou paquera para fazer o mesmo! Vamos trocar figurinhas!

Abaixo estão algumas das canções que escolhi: