Tenho quase certeza que você não faz a menor ideia de quem foi Mike Kennedy. Também tenho a mesma sensação de que dizer que ele foi o vocalista alemão da banda espanhola Los Bravos nos anos 60 também não vai ajudar em nada, ainda mais porque lá ele eu usava seu verdadeiro nome, Mike Kogel. Quem sabe você assistindo o cara em ação com a sua banda, tocando o único grande hit que conseguiram – “Black is Black”, de 1966, que vendeu milhões de compactos no mundo todo nos anos seguintes – faça com que você se situe um pouco:

 

E agora? Ajudou? Então vamos em frente.

Quando saiu da banda em 1968, Klogel mudou seu nome artístico para Mike Kennedy e enveredou por uma errática carreira solo, a ponto de lançar apenas dois álbuns e alguns compactos antes de retornar ao grupo em 1976.

Mike is Mike, o segundo álbum, de 1972, foi incrivelmente lançado por aqui e tem aquele som pop pesado bem comum no início dos anos 70. Você vai sacar isso ouvindo duas das melhores canções do álbum, “Louisiana” e “Kentucky Freeway”:

 

 

Tente “caçar” a audição desse disco por aí. Vale a pena!