Rádio – Ainda Tem Alguma Importância?

Você já parou para pensar se o rádio ainda é importante para você nos dias atuais? Se você nunca refletiu sobre isso, tenho algumas coisas sérias para compartilhar. Em 2023, o rádio completou 101 anos de existência aqui no Brasil, e na minha opinião, ele ainda merece todas as homenagens.

Durante toda a minha vida, o rádio foi aquele grande amigo que parece ter caído no ostracismo nos dias atuais, mas, queira ou não, ele continua a dar as caras nos cantos mais inesperados do nosso cotidiano. Num mundo onde as atenções são roubadas pela internet, pela TV, pelos streamings e afins, o rádio virou aquele “tiozão” que, mesmo não entendendo nada das novas tecnologias, insiste em se manter presente.

E acredite ou não, o rádio ainda tem o seu charme, é como um ótimo vinho antigo, com aquele gostinho de nostalgia que nos faz apreciá-lo de uma maneira ainda mais especial. Afinal, onde mais você pode encontrar programas legais como os que eu produzo e apresento na Rádio USP, como “O Lado Z” e “Rock Brazuca”.

E onde mais você pode ouvir esses programas sem precisar de wi-fi ou dados móveis? O rádio ainda é o xodó dos motoristas presos no trânsito, o companheiro das manhãs e o confidente das madrugadas silenciosas. O rádio não tem playback, não tem pulo de anúncios; basta ligar e ouvir o que vier, dependendo do seu gosto, o que pode ser uma ótima surpresa. No entanto, é importante destacar que o rádio não é perfeito, pelo contrário, ele possui muitos e graves defeitos que persistem há décadas, como aquelas playlists previsíveis.

Para saber mais sobre a importância contínua do rádio e seus desafios atuais, clique no botão abaixo e assista ao vídeo completo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress