Tio Regis tenta alegrar um pouco o seu final de semana

família feliz

Em meio a tanta tristeza, volto a postar dicas, sugestões e vídeos legais para que você e sua família possam ter um mínimo de felicidade em meio à situação caótica em que vivemos.

Começo com esta excepcional versão de “Feel”, do Robbie Williams, feita pelo talentoso Jamie Cullum e sua banda. Presente ao estúdio da BBC londrina, o próprio autor não conseguiu se conter, maravilhado com o tratamento sônico que a linda canção recebeu, que teve no meio até trecho de “Can’t Feel”, do The Weeknd. Simplesmente sensacional!

 

A seguir, veja o que acontece quando se bota crianças para estudar música com seriedade, com apoio da sociedade e do próprio governo. É o caso da The Louisville Leopard Percussionists, uma espécie de ONG americana localizada na cidade de Louisville, no Estado de Kentucky, que oferece cursos de Música como atividade extracurricular para crianças de sete a doze anos. A garotada aprende a tocar não apenas um, mas vários instrumentos de percussão. Veja o espetacular resultado disto neste medley de canções do Led Zeppelin tocado pela meninada. Depois, olhe para seu filho que pensa que é ‘funkeiro’ e para a sua filha que já aprendeu a rebolar. Reflita…

 

Depois, assista a esta emocionante lição de vida retratada no ótimo documentário The Punk Syndrome, estrelada por uma banda finlandesa de punk, PKN (ou Pertti Kurikan Nimipaivat), em que seus integrantes são portadores de Síndrome de Down e autismo. Reunidos há quase uma década durante uma oficina de caridade para adultos com deficiência intelectual, seus integrantes mostram que nada é impossível quando se deseja realmente. É de chorar! Para facilitar um pouco, consegui encontrar apenas uma versão com legendas em inglês…

 

Para terminar, que saudades do tempo em que tínhamos humoristas politicamente incorretos, só que engraçados DE VERDADE, e não estes paspalhões que empesteiam as TVs com suas piadas patéticas e seu carisma de papagaio em adiantado estado de putrefação. Uma turma que poderia muito se espelhar no falecido Sam Kinison, um americano maluco e escandaloso simplesmente demolidor na hora de fazer humor “do mal”. Vejam abaixo um exemplo da genialidade do cara, que – acredite se quiser – foi pastor pentecostal!

 

Bom final de semana e saúde para você, sua família e seus amigos!

 

 

 

 

 

6 respostas

  1. Só você irmão, pra garimpar essas pérolas Tiozão, você bota pra f…
    Abraço!
    Longa vida a boa música e aos bom é ótimos artistas de verdade!

  2. Sou um assíduo acompanhador do que há realmente de interessante na música, seu
    youtube, o Gastão Moreira (kazagastão), Luka Salomão, aqui, ou o que vou decobrindo.
    No seu “05 discos favoritos de 2020”, combati a preguiça que não vejo como defeito (a correria
    da vida deve ser reinventada com essa quarentena) e, além de ouvir o novo de Joe Bonamassa
    que tem uma discografia extensa, baixei todos de estudio e fui conhecendo um a um.
    O novo de John Scofield, “Swallow Tales”, pode não ser o melhor do ano, mas é o que gosto de
    ouvir e o guitarrista que me interessa. Inclusive sinto uma certa identificação do som dele e
    Carpenters. Eles tinham afinidade com jazz. Um parceiro dele, Pat Metheny, já prestou uma
    homenagem a essa banda inesquecível, pelo menos para mim, no seu “What’s It All About”.
    Sobre Beethoven, realmente revolucionário no cenário clássico, prefiro a suite para violino solo,
    mas meu compositor clássico preferido ainda é Bach, que fui conhecendo cada vez mais, quando
    aprendi violão clássico e descobrindo várias transcrições incríveis. Para não ser injusto com
    Beethoven, baixei a partitura ‘Sonata Moonlight”, transcrita por Francisco Tarrega.

    1. Correção: Não é suíte para violino solo (confundi com Bach), mas concerto para violino. Conheço cada uma das sinfonias de Beethoven, ouvia de cabo a rabo desde criança, pois as considerava obras mais importantes da música clássica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress