Vinicius Jr. É Craque ou Enganação?

O percurso do Vinícius Jr. como um improvável prodígio oriundo do futebol brasileiro, embalado evidentemente por um marketing estrondoso lá na Europa, é confrontado inclusive com o racismo odioso dos torcedores espanhóis dos outros times. Apadrinhado por uma máquina de fazer dinheiro que é o futebol europeu, Vinícius Jr. finalmente culminou com a conquista da Champions League, um feito apoteótico. Por mais que se tente revestir esse feito com o brilho dos holofotes, ele não vai passar incólume pelo crivo de uma análise crítica e racional do tio aqui.

Como eu já venho falando há muito tempo, a gente vive uma era do futebol espetáculo, com aquelas torcidas blogueirinhas tirando selfies nos estádios gourmet, tudo evidentemente impulsionado pela globalização midiática e pelo poderio econômico dos gigantes do futebol. Isso acabou criando um cenário em que o talento visceral de um jogador como Vinícius Jr. acabou se tornando uma espécie de exceção dentro dessa névoa de oportunidades forjadas diariamente nos gabinetes dos magnatas do futebol. Você sabe que rola muito dinheiro por trás de tudo.

A trajetória do Vini Jr., marcada por altos e baixos, reflete hoje não apenas a inegável habilidade dele como jogador, que foi reforçada e desenvolvida ainda mais desde que ele chegou ao Real Madrid, quando o técnico Carlo Ancelotti mudou a função tática do Vini Jr. dentro de campo e transformou o Vini no craque que ele ameaçava ser quando estava no Flamengo. Mas também mostra que existe uma espécie de volatilidade dentro do sistema do futebol mundial, em que o sucesso é uma equação completa e complexa de talento puro com aspectos mercadológicos. Não há dúvida disso.

Hoje, a conquista da Champions League é uma proeza futebolística incontestável, assim como também é o reflexo de uma máquina carniceira que consome talentos precoces em troca de lucros estratosféricos. O montante de dinheiro que rola no futebol europeu é colossal, e Vinícius Jr. se tornou o ícone desse paradigma, sendo um produto moldado por interesses comerciais e midiáticos.

Para assistir ao vídeo completo, clique no botão abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress