Acabei de voltar de uma reunião de planejamento para 2019 com a equipe que faz este site e o meu canal no You Tube funcionar tão bem. Em dado momento da conversa, surgiu o assunto – comentários de internautas – que me faz escrever o recado curto e grosso que você vai ler e assistir abaixo.

As reportagens são dedicadas a todas as pessoas que: a) não acreditam quando digo e escrevo que vivemos em um processo de emburrecimento coletivo; b) pensam “posso escrever errado na internet, pois escrevo certo na hora em que eu quiser”; c) acham que o que se escreve nas redes sociais e na seção de comentários dos grandes portais é apenas “diversão”.

Por favor, assista:

 

 

 

Agora, faça duas perguntas a si mesmo: “Eu sou esse tipo de pessoa?” e “Quero que meus filhos façam parte dessa laia de retardados?” Ainda dá tempo de você corrigir isso fazendo a sua parte. Pense SERIAMENTE nisso!